A primeira fixação humana na área remonta ao Neolítico – os testemunhos de vestígios descobertos na Serra de Monsanto, nomeadamente os que se encontram na zona de Vila Pouca e Sete Moinhos. A ocupação do actual território desta freguesia está directamente ligada às diferenciações sociais e urbanísticas que marcaram toda a região de Lisboa. O desenvolvimento dos vários sectores da actividade económica (antigas indústrias, cerâmica de Lisboa) e também a cultura intelectual provocou um incremento populacional.

Nas eleições locais de 2013, em que foi eleito o primeiro presidente da Freguesia de Campo de Ourique, estavam recenseados 21.182 eleitores.